Restrito aos Associados

Área dos Associados

Usuário
Senha *
Lembrar de mim

Com o objetivo de realizar um intercâmbio técnico abordando à legislação brasileira, europeia e as políticas públicas, relacionadas às Indicações Geográficas (IG), a Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário, Cooperativismo e Associativismo Rural (SDC) participa nesta quarta-feira (10) do Seminário sobre Proteção de Indicações Geográficas como Instrumento de Desenvolvimento Rural. O evento será realizado no Edifício Sede da Embrapa em Brasília com a participação de universidades públicas e federais, além de órgãos do governo.

Serão três dias de discussão (10,11,12/9) com quatro painéis: Políticas públicas voltadas para produtos com qualidade vinculada à origem; Registro de Indicações Geográficas, aspectos legais e de governança; Gestão e Sistemas de Controle das IGs e estudos de Caso (Aspectos abordados nos Painéis I, II e II).

Um dos estudos de Caso que será apresentado no Seminário será o da Indicação Geográfica Cachaça e a apresentação será feita pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC).

O evento é gratuito e voltado para  público restrito, de instituições públicas e privadas.

Depois da realização do Seminário estão programadas visitas técnicas com foco nas cadeias produtivas de bebidas e produtos de origem animal. A primeira visita será no sábado (13) em Patos de Minas (MG) na unidade produtora de cachaça e na Denominação de Origem Cerrado Mineiro – Café, seguida por visita à Região do Cerrado e Salitre, onde são produzidos queijos artesanais.

Publicado em: agricultura.gov.br
Data: 09/09/2014
Link: http://www.agricultura.gov.br/comunicacao/noticias/2014/09/seminario-faz-intercambio-tecnico-sobre-indicacao-geografica

 

Instituto Brasileiro da Cachaça