Restrito aos Associados

Área dos Associados

Usuário
Senha *
Lembrar de mim

A 10a. edição do Concurso Nacional de Vinhos Finos e Destilados do Brasil, realizado sob a chancela do maior concurso de vinhos do mundo (Concours Mondial de Bruxelles), no Costão do Santinho, em Florianópolis (SC), premiou 58 vinhos e 22 cachaças.

Entre os vinhos, 10 conquistaram medalha Grande Ouro (acima de 95 pontos), 31 ficaram com Ouro e 17 com Prata. Dos vinhos premiados, 41 são do Rio Grande do Sul, 9 de Santa Catarina, 4 do Paraná, 1 de Pernambuco e 2 de Minas Gerais. Na avaliação de destilados, foram concedidas 4 medalhas Grande Ouro, 9 medalhas de Ouro e 8 de Prata. Das cachaças premiadas, 8 são gaúchas, 7 do estado do Rio de Janeiro, 3 de Minas Gerais, 1 de São Paulo, 1 do Rio Grande do Norte, 1 da Paraíba e 1 de Alagoas.

Os 14 jurados convidados, do Brasil e de outros 5 países, avaliaram em 3 dias os 266 rótulos inscritos de todas as regiões do Brasil, dentro dos rígidos critérios internacionais, e puderam testemunhar a evolução dos produtos brasileiros. "É impressionante o dinamismo da indústria vitivinícola do Brasil", comentou Baudouin Havaux, presidente do Concours Mondial de Bruxelles, que há 10 anos aposta no potencial dos produtos do Brasil e realiza, aqui, esse concurso com a MP Eventos. "Cada vez mais esse concurso se revela uma grande vitrine dos vinhos e destilados brasileiros para os mercados interno e externo", avalia Zoraida Lobato, organizadora do concurso.  Nesta 10a. edição, além da alta qualidade dos rótulos avaliados, chamou a atenção a diversidade de regiões representadas, com boas surpresas de estados cuja produção vitivinícola é pouco conhecida, como Minas Gerais.

 Em 2014, Florianópolis será sede do Spirits Selection International do Concours Mondial de Bruxelles nos dias 02,03 e 04 de maio, o grande concurso mundial de destilados que deverá reunir, nas salas do Costão do Santinho, mais de 800 amostras de diferentes tipos de destilados, de dezenas de países.As inscrições serão abertas em dezembro de 2013. 

Clique aqui para exibir os resultados



 

 

Instituto Brasileiro da Cachaça