Restrito aos Associados

Área dos Associados

Usuário
Senha *
Lembrar de mim

Com quase 9 milhões de litros exportados em 2013, que somaram cerca de US$ 17 milhões, a cachaça vem, durante os últimos os anos, solidificando sua posição como bebida exclusiva e genuinamente brasileira. Os dados, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Cachaça (Ibrac), superaram em aproximadamente 11% e 12% a receita e os litros, respectivamente, registrados em 2012.

                      Foto: Jáfer Araújo (IBRAC)
 
Segundo o instituto, o reconhecimento pelos Estados Unidos, segundo maior importador do produto, foi um marco histórico, culminando 12 anos de negociações. Os norte-americanos, ao lado da Alemanha e Portugal, representam quase 40% do mercado.


Com aproximadamente 30% e 20% do total dos litros e das vendas internacionais da bebida, a Alemanha ocupa a primeira posição no ranking de exportações. Seguida dos estadunidenses, 12%, e dos lusitanos, que movimentaram mais de 9% da receita e 8% dos litros vendidos no mercado mundial.

2014
"O grande desafio é colocar a cachaça como bebida de orgulho nacional, patrimônio histórico e cultural de nosso país", afirma Vicente Bastos, presidente do Ibrac.


O instituto aponta também que a participação brasileira em eventos nacionais e internacionais é crucial para tal desenvolvimento. Este ano, por exemplo, o Concurso Mundial de Bruxelas, tradicional competição de destilado, será realizado pela primeira vez no Brasil, na cidade de Florianópolis.

Curso
Acompanhando esse cenário, o Senac São Paulo busca capacitar profissionais para atuarem nesse segmento de grande impacto na economia, importante gerador de emprego e renda no país. "Com a difusão e a valorização da cachaça em diferentes tipos de estabelecimentos de alimentos e bebidas, bem como de eventos temáticos, é cada vez mais evidente a necessidade de formação e qualificação de profissionais especializados no serviço desse produto", afirma Juliana Reis, responsável pela área no Senac São Paulo.


"Reconhecendo que indústria brasileira de bebidas representa considerável importância para a economia nacional, os cursos da instituição voltados ao profissional sommelier propõem o desenvolvimento de competências para atuação em um mercado competitivo e múltiplo, no qual diferentes bebidas fazem parte", finaliza Juliana.

Publicado no Senac.

Instituto Brasileiro da Cachaça