MERCADO INTERNO

Estima-se que o Brasil possui capacidade instalada de produção de Cachaça de aproximadamente 1,2 bilhão de litros anuais, porém se produz anualmente menos de 800 milhões de litros.

Segundo o último censo do IBGE de 2016, são 11.023 estabelecimentos produtores no País.

No entanto, segundo o Anuário a Cachaça de 2021, elaborado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o total de produtores de Aguardente e Cachaça registrados no Mapa em 2020 foi de 1.131 produtores.

Os dados do anuário de 2020, que consideravam número de registros de 2019, indicavam que o total de estabelecimentos registrados de Cachaça e aguardente de cana era de 1.086 produtores.

Comparando-se os dados dos Anuários de 2021, com o Censo Agropecuário do IBGE de 2017, estimamos que a informalidade do setor, em número de produtores, seja de 89%. 

Além disso, de acordo com os dados do provedor de pesquisa de mercado, a Euromonitor International atualmente a Cachaça é considerada o terceiro destilado produzido localmente mais consumido do mundo, perdendo apenas para a Vodca na Rússia e o Soju coreano.

Segundo o IBRAC, os principais estados consumidores são: São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará, Bahia e Minas Gerais.

 

 Segundo o IBRAC, os principais estados produtores são: São Paulo, Pernambuco, Ceará, Minas Gerais e Paraíba.


Associe-se, seja uma voz ativa e participe de todas as discussões importantes que impactam o setor produtivo de Cachaça.
QUERO ME ASSOCIAR